Como usar: Biquínis!

Verão, praia, piscina, curtição. E lá vamos nós nos vestir – ou melhor, nos despir – com os mais variados tipos de biquínis. Não é por serem apenas duas peças que o biquíni não deve se enquadrar em alguns padrões e estilos.E, o mais importante, ao nosso corpo. Nessa hora da verdade, toda ajuda é válida! Afinal, é quando queremos estar absolutamente lindas e seguras. Alguns mais radicais dizem que deveria existir um psicólogo em cada cabine de loja em que fôssemos experimentar um biquíni. Eu prefiro confiar no bom senso. Se alguma coisa tá sobrando, use o maiô. Ele é chique, elegante e faz muito bem o seu papel. Cangas também ajudam muito, use como se fosse um vestidinho. Ou então, feche a boca, malhe muito e se esbalde… Afinal, o que é bonito é para se ver. Então, olho no seu biotipo e vamos às dicas!

pin-up
Se você tem:

Quadris largos: Como a maioria das brasileiras, quadris largos pedem calcinhas com as laterais mais largas, como uma sustentação mesmo. Detalhes nos lados devem ser abolidos, pois aumentam ainda mais e chamam a atenção para a horizontal. Fuja também dos modelos asa delta, a calcinha tem que estar sempre na mesma altura do quadril. Cores escuras também ajudam, principalmente nas laterais.

Seios grandes: Siliconados ou não, os seios grandes ficam ótimos com modelos tomara que caia em todos os formatos. A sustentação é fundamental, para nada sair do lugar. Alças largas também ajudam e deixam tudo mais confortável. Detalhes como babados e drapeados só aumentam mais o volume. Um biquíni mais sequinho e em tons neutros e escuros é tudo de bom. Pontos focais, ou seja detalhes de cor ou algum acessório no centro do biquíni tiram a atenção do resto.

Quadris pequenos: Laterais fininhas, lacinhos, miçangas, tudo que crie ilusão de maior volume dos lados é interessante e realça o corpo. Pode abusar mesmo. Prefira cores claras, principalmente nos detalhes das laterais ou em cores contrastantes para maior impacto. Estampas também são bem vindas!pSeios pequenos: Babados, frufru, cortininha, estampas grandes, contrastes, detalhes, bojos, pregas, enfim…tudo que acrescente algum volume é muito bem vindo. As cores também influenciam e vale o mesmo para os quadris pequenos Ex: Fundo branco e estampa floral bem colorida e grande dá impressão de maior volume…e nem precisa fazer plástica!

Seios e quadris médios: Observe o meio termo: estampas médias, laterais e alças não tão fininhas, cores neutras e mais harmônicas e realce o que tiver de mais legal, mais interessante, enfim… Vale sempre o bom senso!

pin-up-hilda-duane-bryers4a

Acima do peso: Quando estamos acima do peso, não fica legal uma calcinha minúscula com todas as gordurinhas ao sol, né? Prefira calcinhas maiores, talvez um número maior do que o normal para dar maior sustentação mesmo. Sem radicalismos nem preconceitos. Também não precisa colocar aquele maiô preto que mais parece peça de museu. Hoje existem maiôs lindos, que seguram onde precisa e mostra só o que queremos. Cuidado apenas com o bronzeado: Existem maiôs que vão fazer você ficar parecendo um quebra cabeça. As partes vazadas de um lado só, partes irregulares devem ser evitadas. Como os tradicionais tampam toda a barriga, você vai ficar devendo um bronze para essa parte. As listras verticais e diagonais ajudam a afinar a silhueta, mas se ficarmos muito preocupadas com detalhes, as férias passam e não dá nem tempo de curtir!

Cores: Se você acabou de chegar na praia depois de um ano de cursinho pré-Enem ou trabalhando de segunda a segunda sem nem ver a cara do Sol, não coloque logo de cara aquele biquíni rosa pink ou laranja neon, mesmo estando super na moda! Você vai ofuscar mais que o astro rei… Devagar e sempre com as cores, começando com as mais claras até ir pegando mesmo uma cor. No auge do bronzeado, você ficará linda com o amarelo cítrico! Brancos também ficam mais legais com a pele bronzeada por conta do contraste. Já os pretos são clássicos: chiques até debaixo d`água!


pin-up-04-1Estampas: Com uma infinidade de estilos, as estampas estão em todas as coleções e criam os mais diferentes looks. Com atenção às dicas anteriores, use e abuse das estampas. Vale até brincar, misturando biquínis e criando novos visuais, com cada parte de um jeito. Para não errar, observe sempre:

1 – Proporções: Seios pequenos, estampas grandes e contrastantes; seios grandes, estampas pequenas e sem contrastes. Isso também vale para os quadris. Criamos contrastes quando as cores são opostas, exemplo do verde com o laranja, o azul com o vermelho, o preto com o branco…

2 – Estampas diferentes devem ter pelo menos 2 ou 3 cores da mesma família para ficarem harmônicas. Cores da mesma família são aquelas originadas das mesmas saturadas, ou seja: lilás e roxo, laranja e ocre, o que muda mesmo são as tonalidades. E sempre uma estampa deve ser mais dominante do que a outra.

3 – Se uma estampa tiver motivos geométricos, a outra deve seguir a mesma lógica, ou seja, ter linhas retas ou diagonais. Se forem florais, a outra pode ter ondas, corações ou simplesmente ter uma única cor, que realce todo o resto. Aí, vale o olhômetro mesmo e a descontração, peça fundamental para que possamos brincar com o nosso corpo e com a vida. Por que de nada adianta estar linda e poderosa, se não conseguimos curtir os momentos que estão aí. Então, dispa-se de toda vergonha, encare o espelho e use o seu melhor biquíni…E viva o verão!

conheca-hilda-uma-pinup-girl-controversa-linda-e-fora-dos-padroes-anos-50_a084866a7244321f5211cc78534c8c1d1

Agora é só curtir!

Deixe uma resposta