COVID-19 e os cuidados para as visitas de dia das mães

 Desde que o isolamento social começou no Brasil, passamos por uma das datas mais importantes do calendário: a Páscoa. A próxima grande data comemorativa e que possui um grande impacto no comércio é o Dia das Mães, comemorado tradicionalmente no segundo domingo de maio. E como vai ser?

 

Alguns governantes, como João Dória, de São Paulo, chegaram a discutir a respeito do adiantamento dessa data, porém houve estranheza e recusa por parte de uma parcela da população. A data continuou a mesma e a comemoração com as mães está garantida. Talvez, mais forte do que nunca.

Como se fazer presente e garantir a segurança da sua família? O Médico de Família e Head de Medicina da Cuidas, János Valery Gyuricza listou dicas para garantir que essas visitas sejam feitas oferecendo muito cuidado e cautela, principalmente para com os idosos.

A tecnologia pode ajudar

Realizar chamadas de vídeo para matar a saudade e conversar com sua mãe neste momento é a saída mais segura e comum. Ainda, é possível enviar presentes através de compras por aplicativo e, porque não, investir em um jantar à distância, por vídeo chamada? É possível combinar o mesmo pedido em um restaurante, por exemplo, e fazer a experiência chegar um pouco mais perto da real.

Não esqueça da higiene

Além de lavar as mãos, utilizar máscaras protetoras e manter distância mínima de um metro, é importante saber que a COVID-19 nem sempre demonstra sinais de infecção e que mesmo assintomático, você pode transmitir o vírus para uma outra pessoa.

Se puder, evite contato com os familiares

Antes de realizar a visita, pense duas vezes se você ou qualquer pessoa da sua casa apresentou quaisquer sintomas há menos de 21 dias. Lembre-se que ainda não há nenhum exame que possa dar segurança de que você não esteja transmitindo a doença.

Atenção e cuidado redobrado com a higiene

Para aqueles que não abrem mão de fazer uma visita presencial, é necessário cuidado redobrado. Evite circular por outros locais, como supermercados, imediatamente antes de ir até a casa da sua mãe. Vá direto de casa. Não traga coisas da rua para casa sem antes higienizar corretamente.

Defina horários

Nestas visitas presenciais, caso a família seja grande e todos queiram realizar a visita, optem por criar um rodízio, estabelecendo horários para que não haja aglomeração na casa da pessoa que será visitada.

Abra as janelas

Mantenha a casa super bem ventilada e, de preferência, realize a visita em algum espaço mais amplo da casa, no jardim ou na varanda, se possível. Pode parecer uma boa ideia matar a saudade de todos juntos, mas quanto mais pessoas próximas, maior o risco de infecção e transmissão do vírus.

Todo cuidado é pouco

Nesses tempos, devemos aceitar que a saudade machuca, mas é importante ter responsabilidade e prezar pelo cuidado com todos antes de tomar a simples decisão de sair de casa.

#TODOSEMCASA

Deixe uma resposta