Perigos da internet

ÓTIMA QUARTA FEIRA!

 Assisti ontem ao um programa que realmente me chocou. O Profissão Repórter mostrou crianças viciadas em jogos e aplicativos da Internet que criaram uma dependência tão grande que estão sendo tratados como dependentes químicos. Tenho um filho adolescente e realmente fiquei preocupada com o rumo dessa história. As crianças não interagem mais entre si, conversam por SMS. Alguns agridem os pais que tiram ou limitam o acesso ao computador e isso é realmente um problema a ser encarado de maneira séria e firme pelos responsáveis. Eu já comecei a cortar os jogos durante a semana. Fácil não é, mas precisamos ser duros.

Verifique alguns sintomas que os jovens apresentam e saiba como lidar:

1. Tem mais de cinco amigos virtuais, que simplesmente não conhece pessoalmente;
2. Exclusão. Antes, vários amigos ligavam para ele querendo conversar. Agora, isso é bem raro; 
3. Fica irritado quando está há mais de uma hora sem internet;
4. Evita sair de casa se for para ir a lugares sem computador;
5. Só fala e sabe de games da web, redes sociais e “pessoas virtuais”;
6. Mente a respeito do tempo que costuma passar conectado;
7. Vai mal na escola por conta do computador – as notas baixas começaram desde que passou a usar mais a internet;
8. Desobedece os pais quando eles o mandam sair do computador.
9. Não tem motivação para fazer nada que não tenha a ver com o computador ou com a internet;
10. Está com a autoestima bem baixa;
11. Tem se tornado um adolescente caseiro e solitário;
12. Sempre se nega a fazer as coisas que antes lhe davam muito prazer;
13. Se sente triste, ansioso ou deprimido na maior parte do tempo;
14. Vai à lan houses como se esse fosse o principal passeio ou atividade do seu dia; inclusive gasta muito dinheiro com isso;
15. Já passou mais de 10 horas online em um único dia.
16. Já deu prejuízo para os pais ou já comprometeu mais da metade da mesada para pagar as contas da lan house.

 Se o seu filho apresentar  mais de quatro sintomas e eles forem frequentes, a melhor coisa é procurar um especialista na área de dependência, como um psicólogo ou psiquiatra. Apresente a ele novas atividades e tente criar novos hábitos como praticar esportes no horário em que normalmente ele fica teclando.Coloque o computador em um local de passagem na casa para ele não se isolar e você poder dar uma “espiadinha” sempre que necessário. E SEJA FIRME! A disciplina vem dos pais.Não se renda a chantagens e dramas vindos dos filhos, estipule horários e cobre o rendimento escolar.Ele vai te agradecer no futuro!

DICA: Assista ao programa com seu filho e repare nas reações dele, vale a pena!

http://g1.globo.com/profissao-reporter/videos/t/programas/v/jovens-conectados-parte-1/2204370/

Separator image Posted in Sem categoria.

1 Comment

Add Yours

Comments are closed.