Protagonismo on-line: Programa ELAS promove experiência virtual ao vivo

Treinamento da startup voltado para construção da liderança feminina pode ser adquirido por metade do preço e consultado pelas alunas ao longo do ano

Muitas mulheres se deparam com falta de autoconfiança no ambiente de trabalho e isso não é diferente no home office. Para mudar este cenário, a ELAS , startup focada no desenvolvimento pessoal e profissional de mulheres que desejam assumir posições de destaque nas empresas, em seus negócios e/ou na sociedade, promove o Programa ELAS, carro-chefe da escola em versão on-line e ao vivo. A partir do dia 22 de junho, mulheres de todo o Brasil podem adquirir o curso pelo link . Para potencializar a iniciativa, a Escola ainda oferece o programa pela metade do preço.

A Escola ELAS já impactou mais de 7 mil mulheres e 40 clientes por meio de workshops, palestras e treinamentos. O dado é de antes da pandemia e inclui os encontros presenciais dos últimos 2 anos. Agora, somado ao formato digital, já são 8 mil mulheres entre workshops online corporativos e abertos para todas as mulheres do Brasil e mundo. A ideia do Programa on-line é oferecer o mesmo conteúdo do ambiente físico, porém alcançando ainda mais pessoas.

Sem perder o impacto de transformação na autoconfiança da mulher, o treinamento, além de poder ser visto ao vivo, ficará gravado e disponível por um ano dentro de uma plataforma exclusiva para alunas. Assim, as mulheres poderão vê-lo repetidas vezes e ressignificar constantemente os aprendizados. São 3 módulos, 1 por mês e um total de 63 horas de conteúdo, além da mentoria individual sob demanda.

Com desconto de 50%, a Escola ministra o conteúdo pelo valor de R﹩ 1997,00. Com conteúdos e mentorias dadas de maneira individual e sob demanda pelas co-fundadoras da Escola, Amanda Gomes e Carine Roos, são explorados, no programa, o desenvolvimento de habilidades comportamentais para aumento da autoconfiança, diminuição do sentimento de culpa, insegurança e autocrítica, desenvolvimento de um mindset mais estratégico e menos operacional, capacidade de vender suas ideias, entre outros. Além de poder fazer de um grupo de mulheres excepcionais que se apoiam e se ajudam mutuamente crescendo e evoluindo juntas a cada dia. “A partir da construção de uma visão de futuro bem elaborada e conhecimento profundo de suas potencialidades, elas aprendem a falar de resultados de forma mais assertiva”, explica Carine Roos, co-fundadora da ELAS.

As aulas ao vivo e on-line serão interativas e com imersão dinâmica focada em transformação integrada entre as esferas pessoal e profissional. No Programa ELAS, as mulheres aprendem a manter sua automotivação e confiança, inspirar pessoas, aprender a se posicionar de maneira estratégica e serem reconhecidas por isso. Além disso, o programa as incentiva a encarar a vida profissional e pessoal com menos culpa, mais leveza e mais resultado.

Sobre a ELAS:

Criada em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendida pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.

Deixe uma resposta