Semana boa é semana curta!

Feriado chegando e a semana fica deste tamaninho: 4 dias no máximo, enforcamos a sexta feira e o final de semana chega mais rápido. Quinta feira vira “véspera de feriado” e todo mundo elege a preguiça como melhor amiga! Uns viajam, outros curtem a cidade, mas todo mundo para. Nem que seja por um momento. E como é bom parar…

semana boa é semana curtaSair da rotina de acordar cedo, pegar ônibus, metrô ou carona, ir para o trabalho ou escola, ver as mesmas pessoas – que podem ou não ser queridas – fazer as mesmas coisas e voltar para casa apenas para começar tudo de novo! Ai, ai…

O único problema é quando ficamos em casa no feriado. Parece que todas as pequenas coisas que precisamos fazer – e nunca temos tempo – começam a surgir na nossa frente quase que em fila de urgência. E como somos programados para não parar nunca, começamos a resolver todas aquelas coisinhas miúdas que nos incomodam. Limpamos a calha, trocamos o fio do computador, juntamos os pares de meia, separamos as roupas para doar, colocamos os cobertores no sol…e aí, mais um dia se foi. Vamos dormir exaustas, precisando de mais um dia para descansar…Acho que o trabalho é super valorizado. Porque temos que trabalhar 5, 6 dias e descansar apenas 2? Ou as vezes só um? Já escutei uma vez um ” Vim ao mundo a passeio!” Não sei o autor dessa sábia frase, mas quando exatamente poderemos fazer isso?

Passear, namorar, ler, não fazer nada é algo cada vez mais raro para todo mundo. Ficar, mesmo, deitado na cama, olhando para TV e levantar apenas para as necessidades mais básicas, como fazer xixi ou pegar um chocolate…Ou deitar na grama, ficar olhando para o céu e tentar adivinhar o formato das nuvens. Tem coisa melhor? Só se tiver também pique nique e boas companhias…já experimentou?

O mais importante hoje não é nem ter tanto dinheiro, mas tempo para gastá-lo, e a nosso favor. Pagar conta a gente já tem que pagar mesmo… Obrigação tomou o lugar da diversão de tal forma que até já esquecemos como é.

E férias? 20 dias corridos, com celular ligado e com medo de ser demitido ou substituído na volta. Dá pra relaxar? Quando se consegue viajar, porque nem sempre a grana dá…E ir para Cabo Frio pegando 3 horas de engarrafamento não é descanso, é martírio!!! Penso que os nossos dias deveriam ser mais compridos ou nosso tempo realmente otimizado. Parei de me preocupar com bobagens, não brigo com quem insiste em me provocar e não perco oportunidades por besteira. A vida é curta demais para eu me apegar às mesquinharias…

E às vezes, me dou momentos de férias…Uma massagem terapêutica durante uma hora que me faz até dormir, uma sessão de cinema sozinha para ver um filminho – com pipoca e refrigerante mesmo – que nem filhos nem namorado teriam paciência de ver, uma tarde inteira no sol, ouvindo música e pensando em nada…Pequenos prazeres que merecemos e precisamos para repor energia, beleza, colágeno. E aí, a vida fica mais leve, mais solta, mais bonita. Reduzimos a chance de ter um infarto no miocárdio, adquirimos menos rugas, produzimos mais endorfina. As pessoas que se permitem parar , nem que seja por pouco tempo, são sim mais felizes. E continuam por aí para contar história…Boa semana curta pra todo mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *