Adoro conversar com meus amigos e uma coisa que ainda me intriga é: Por que vocês acham que a gente não pode querer só sexo? Será que só os homens sabem separar os sentimentos?

casal-cozinhaÉ sempre a mesma coisa: Se rola alguma coisa o cara já fica neurado achando que a mulher vai esperar ligar no dia seguinte ou querer namorar. Bem, ligar no dia seguinte é sinal de educação. Mas isso não quer dizer que vamos querer namorar. Nem querer uma segunda ligação.

Tudo bem que essa nossa emancipação é muito recente e vocês ainda estão – muito – perdidos. Querer casar ou ter um compromisso não é mais prioridade das mulheres. Conheço homens que sonham com isso. E mulheres que fogem na mesma proporção. Da mesma forma que acho que vamos começar a viver um retrocesso em algumas áreas, com mulheres querendo ser mais mulheres e homens cansados de serem caçados, penso que alguns valores vão estar na moda de novo.

Afinal de contas, o sexo em si é muito simples. É um momento, um encontro entre dois corpos. Corpos que se querem, se entendem e se completam. E só. Podemos querer ou precisar desse enlace em diferentes momentos da nossa vida. Quando estamos carentes, quando estamos apaixonados, quando amamos alguém ou simplesmente sentimos um tesão louco. E nos satisfazemos ali, em qualquer lugar e situação.

E depois? A química pode ter sido perfeita, mas teve uma conversa? Você quis ficar abraçadinho ou sair correndo arrependido? Ficou uma vontade de “quero mais” ou “pelo amor de Deus esquece que eu existo?”. Teve aquele encaixe? Foi bom?

Se sim, porque fugir? Grandes relacionamentos podem começar com uma boa transa, por que não? Somos tão avançados tecnologicamente e ainda guardamos preconceitos antigos quanto ao que podemos ou não fazer. E tem certas coisas que não tem fórmula pronta, manual de instruções e nem certo e errado. Pare de frescura e vá ser feliz!